Exames pre-operatórios para abdominoplastia

Apesar da evidente variação de beleza ideal ao longo do tempo, o abdômen firme, plano e com a cintura estreita tem sido universalmente admirado.Atualmente muitas mulheres julgam sua saúde, forma física, envelhecimento e sexualidade de acordo com as proporções de seu abdômen e mudanças ao longo de sua vida, sendo frequente a insatisfação com sua aparência física.

A abdominoplastia é uma cirurgia realizada para eliminar o excesso de tecido gorduroso e flacidez de pele, principalmente na parte média e inferior do abdômen. Frequentemente, mulheres que passaram por várias gestações têm uma quantidade excessiva de pele nessa região como resultado do aumento de volume do abdômen durante a gravidez. Na operação, o cirurgião descola a pele do abdômen e a estica para baixo, removendo o excesso de pele e gordura. Desta maneira conseguimos uma melhora da silhueta, com uma cintura mais delicada e bem torneada. Esta cirurgia por si só não constitui um tratamento para estrias, porém se estas estiverem localizadas na porção inferior do abdômen, serão removidas.

Porém antes mesmo de marcar a data da cirurgia é necessário que seu cirurgião lhe de instruções específicas sobre como se preparar para a cirurgia, inclusive diretrizes para comer, beber, fumar e tomar ou evitar certos medicamentos e vitaminas. Se você fuma, começa a planejar para parar por pelo menos duas semanas antes da cirurgia até pelo menos duas semanas depois da cirurgia. Evite uma exposição demasiada ao sol antes da cirurgia, especialmente na região abdominal, e não faça dieta rigorosa, pois ambas podem alterar a capacidade do seu corpo para cicatrizar. Se você for resfriada(o) ou desenvolver sinais de infecção de qualquer tipo, a sua cirurgia vai provavelmente ser adiada.

exames pre-operatórios para abdominoplastia

São extremamente necessários os exames pre-operatórios para abdominoplastia , pois é a partir dai que seu médico terá um diagnostico certo da sua saúde e da possibilidade da cirurgia acontecer. Deverão ser realizados exames pre-operatórios para abdominoplastia como sangue, urina, radiografias de tórax, ecografia de parede abdominal, risco cirúrgico cardiológico de acordo com o seu caso.

Os exames pre-operatórios para abdominoplastia mais comuns são Hemograma completo, Coagulograma, Glicemia, Anti-HIV opcional, Exame de Urina; E.C.G. e Raio X de tórax PA para maiores de 40 anos, e Fotografia médica. Não utilizar medicamentos com Ácido Acetil Salicílico (AAS, Aspirina) ou anti-coagulantes, assim como Ginko biloba, por 15 dias antes e 7 dias após a cirurgia.

É preciso relatar doenças, medicações utilizadas, consumo de álcool, drogas injetáveis, hepatite B e HIV, devem ser relatados. Também é preciso interromper o uso de medicações anti-coagulantes, anticoncepcionais e fumo 15 dias antes da cirurgia. Medicações ditas naturais, tais como Ginkko biloba, podem interferir na coagulação e devem ser suspensas antes da cirurgia de Abdominoplastia.

Lembrando que é preciso pensar em tudo antes da cirurgia, até mesmo em decidir quem vai lhe levar para a casa depois da cirurgia e te ajudar durante alguns dias se precisar.

O paciente deve relatar meticulosamente ao médico casos de outras cirurgias realizadas, alergias medicamentosas, todos os analgésicos, antiinflamatórios e antibióticos que foram ingeridos pelo menos duas vezes. É importante que a paciente avise se está perto de entrar no período menstrual, se tem TPM, se sente dores na mama e/ou abdômen.

Também é necessário manter uma alimentação saudável, rica em fibras, nos dias que antecedem a cirurgia, para assegurar que não haja obstrução intestinal no pós-operatório, o que resultaria em esforço por parte do paciente. Sobretudo em casos de Abdominoplastia, o paciente não pode fazer nenhum tipo de esforço na região abdominal.

Em caso de presença de varizes, é preciso procurar um cirurgião vascular para avaliar as chances de trombose. Alguns fatores podem inclusive ser diagnosticados pelo clínico geral ou cardiologista. Tratamentos preventivos também podem ser realizados.

As pacientes candidatas a cirurgias de mama e abdômen devem procurar um ginecologista ou mastologista para garantir que não haja contra-indicação ou avaliar necessidade de outras cirurgias, para que estas possam ser feitas de maneira combinada.